Série Separação de Pedidos

Contagem anual

gestao-estoques-300Um grande número de empresas ainda faz o inventário físico anual à moda antiga. É uma prática que prevalece embora ainda tenha suas desvantagens, dizem os especialistas em gerenciamento de estoques.
Um erro comum na contagem acontece devido aos tamanhos das embalagens. Se há cinco itens no pacote, você os conta como um item ou cinco?

Leia mais...

Estratégias para acurácia

estrategias para acuraciaA acurácia no gerenciamento do inventário é crucial para manter altos níveis de produtividade e lucratividade.

A falta de acurácia no gerenciamento do inventário pode causar muita confusão no armazém e corroer os lucros. Existem algumas áreas que parecem ser as principais causas de erros no gerenciamento, porém existem soluções para corrigir estes problemas se reservarmos um tempo para procurá-los.

Leia mais...

Armadilhas do estoque de segurança

erros do estoque de segurançaO estoque de segurança é variável e, portanto, deve ser analisado levando diversos aspectos em consideração para evitar erros em seu cálculo.

A redução de estoque frequentemente exige que se compreenda quais indicadores são os mais importantes em sua cadeia de suprimentos, e aliviá-los para melhorar o desempenho final. O estoque é um bem visível e, em muitas empresas, também é o maior deles.

Leia mais...

Os pesadelos do inventário

os pesadelos do estoqueA medida em que os inventários aumentam, certifique-se de que não cairá nestas seis armadilhas.

Alto nível de inventário, seja por conta de baixas vendas, períodos sazonais, ou que for, pode ser um grande problema no armazém. A boa notícia é enquanto a economia vai pouco a pouco melhorando, os distribuidores vão carregando mais inventário.

A má notícia: se você não tiver os sistemas no lugar, para monitorar o produto no seu estoque, um inventário mais rechonchudo poderá sugar o lucro da sua operação. Separamos os principais cenários que podem ocorrer e como tentar evita-los.

Leia mais...

Conhecendo os níveis de estoque

qual o tipo de estoqueVeja como calcular os níveis de inventário, divididos em matéria-prima, material em processo e produtos acabados

Fabricantes ou montadoras precisam saber como separar o inventário entre produtos acabados, estoque em processo e matéria prima. Uma decisão equivocada pode sair muito caro, resultando em excesso de produtos acabados que reduzem os giros e aumentam a obsolescência, interrupções na produção que reduzem o serviço ao cliente e a eficiência da manufatura e interrupções do fornecedor que consomem recursos de agilização e aumentam o custo.

Leia mais...

Realidades do risco de estoques

riscosGerenciamento de riscos auxilia a prever com mais acuracidade a demanda e o fluxo.

A tecnologia da informação não pode servir de solução para todo problema de negócios. Em vez de computadores mais rápidos e mais integração, é necessária uma mudança fundamental no gerenciamento das cadeias de suprimento da manufatura.

Leia mais...

Como reduzir o excesso de inventário

AbreVeja alguns fatores que devem ser observados para evitar desperdícios e reduzir o estoque.

Existem muitos métodos para reduzir o inventário e cada caso deve ser analisado individualmente. Mas listamos abaixo algumas ações que podem ajudar nesse processo.

Leia mais...

Eliminação das causas do excesso de estoques

elimine o excesso de estoqueConheça alguns erros que mantém o estoque alto e saiba como agir para reduzi-lo

Nenhuma parte da cadeia de abastecimento é mais examinada detalhadamente, analisada e manipulada do que o estoque. E o motivo é claro: o excesso estoque amarra o capital de giro e ocupa espaço do armazém.

Quanto mais capital de giro for usado, menos lucro terá. As empresas de alto desempenho normalmente têm um gerenciamento de estoques bastante eficaz, enquanto as que mantém excesso de estoque em geral não têm bom desempenho.

Leia mais...

Otimização dos estoques

Abre Uma nova onda de ferramentas de planejamento prepara o terreno para o estoque ágil e a realocação dos pedidos.

O gerenciamento por exceção pode ser o mantra das cadeias de suprimento em tempo real. Mas se uma empresa simplesmente automatizar sua capacidade de reação em vez de combinar isso com o melhor planejamento, as práticas em tempo real poderão fracassar. É por isso que mais empresas estão buscando uma nova onda de aplicações que otimizem os estoques, bem como sistemas para o gerenciamento dos pedidos distribuídos, dizem os especialistas.

Leia mais...

Do tático para o estratégico

log-pelo-mundo-novembroEmpresas chinesas de NVOCCs investem para atender a cadeia de suprimentos de ponta a ponta. 

Hong Kong e Xangai são as sedes de um grupo de NVOCCs (operadores de transporte sem embarcação) que estão se expandindo de suas bases de operações táticas. De Well, Scanwell, Topocean, City Ocean e Hecny são empresas que cuidam de cerca de 100.000 unidades equivalentes a vinte pés (TEU) por ano.

Leia mais...

A Revista LOGÍSTICA

A revista LOGÍSTICA destaca-se por sua qualidade editorial e pauta criteriosamente estabelecida com o auxílio de um Conselho Técnico Editorial formado por profissionais experientes e atuantes no mercado de logística, com o objetivo de desenvolver reportagens criativas e atuais para os leitores. A participação constante em eventos nacionais e internacionais garante a antecipação de tendências aos leitores.