Série Tecnologia da Informação

Artigos > Série Tecnologia da Informação

Visão no fim do túnel

ti-novembroSistemas modernos de identificação de embalagens de múltiplos lados são usados para ler informações de endereços escritas a mão ou por máquina, identificar códigos de barras e códigos bidimensionais, medir volume e peso e permitir correções manuais de informações incompletas de endereços feitas em terminais de vídeo-codificação.

Além disso, os sistemas modernos também podem ser programados para detectar "espaços vazios" para sistemas automáticos de impressão e aplicação. Esses sofisticados sistemas têm características avançadas como:

Identificação de informações e códigos de endereços: câmeras de varredura linear de alta velocidade identificam texto e códigos de barras em altíssimas velocidades em todos os seis lados da superfície de um item. Dessa forma, a posição da embalagem não faz nenhuma diferença. Estes sistemas são utilizados para reconhecimento óptico de caracteres (OCR) e de códigos mesmo por trás de camadas de plástico ou embalagens termorretráteis. As imagens podem ser registradas em larguras de até 1 metro nos equipamentos de classificação, a uma distância focal de 1,5 m e velocidades de até 180 m por minuto. Os túneis de varredura utilizam uma unidade com um único sensor com uma câmera de varredura linear de alta resolução, foco automático dinâmico e iluminação por LEDs. Os cabos de fibra óptica transmitem os dados digitalizados em vídeo para análise em computadores de alto desempenho.

Medição de volume: o cálculo do volume da embalagem às vezes é usado para automatizar as faturas. Além disso, os dados coletados podem ser usados na otimização de processos logísticos, como por exemplo no carregamento. Os sistemas de medição de volume podem medir todos os itens de um frete quanto às máximas dimensões de comprimento, largura e altura. Com o uso destes dados, os sistemas podem calcular o menor espaço cúbico possível que acondicionará o carregamento. Os sistemas avançados conseguem medir embalagens pequenas de até 5 x 5 x 5 cm ou grandes de até 150 x 80 x 80 cm (C x L x A) com uma acurácia de ± 0,50 cm.

Codificação de vídeo: o que dizer das "falhas de leitura" ou de itens que não podem ser lidos automaticamente? Os túneis de varredura usados nas estações de codificação de vídeo atingem um índice de identificação próximo de 100%. Mesmo endereços que não foram lidos por máquina ou que não foram totalmente identificados podem ser transferidos por uma rede inteligente de alta velocidade para os terminais de codificação de vídeo, onde as informações podem ser incluídas on-line ou off-line. A codificação de vídeo on-line significa que as informações são incluídas de imediato e disponibilizadas para classificação e demais processamentos. A codificação de vídeo off-line significa que os dados são necessários para o banco de dados e não para a classificação ativa e portanto são codificados para o processo posterior em 'batch'. A imagem pode estar disponível no terminal de codificação de vídeo em menos de 300 m. Podem ser processadas até 1.000 encomendas por hora. Como os próprios túneis, as estações de codificação de vídeo podem ser ampliadas em múltiplas estações.

Pesagem em linha: as balanças dinâmicas em movimento determinam o peso das embalagens a velocidades de saída de até oito por segundo sem interromper o fluxo de materiais ou limitar o fluxo. Se forem transportadas embalagens muito longas, pode ser usado um sistema de balanças duplas em que as duas superfícies de pesagem podem ser combinadas - duas unidades de pesagem de diferentes tamanhos podem ser instaladas em linha para pesagem de embalagens entre 85 gramas e 60 kg.

Armazenagem de dados de comprovação: os dados acumulados, tais como volume, informações de endereço ou códigos de barras, podem ser passados para uma unidade concentradora de dados ou de armazenamento de dados de comprovação.

Os clientes querem cada vez mais ter informações adicionais sobre suas encomendas e saber se suas embalagens foram embarcadas dentro do prazo e em boas condições. A capacidade de armazenar as imagens reais e apresentar a prova aos clientes quando solicitado satisfaz a consulta dos clientes mais exigentes. Isto dá tranquilidade ao usuário e a seus clientes: o usuário gera dados confiáveis e consegue automatizar por embalagem individual; os clientes sabem que ninguém poderá alterar as leituras depois que tiverem obtido e os dados não poderão ser manipulados e o armazenamento dos mesmos é garantido.

Detecção de espaços vazios: em algumas aplicações, como a consolidação de encomendas, os usuários podem querer aplicar automaticamente uma nova etiqueta ou símbolos em uma encomenda antes da expedição. Nestes casos, deve-se garantir que a nova etiqueta não seja aplicada sobre qualquer outra informação ou mesmo etiqueta. A "detecção de espaços vazios" é uma opção com as modernas câmeras de varredura linear. O sistema de câmeras verifica as áreas vazias da superfície da embalagem e envia esta informação a um sistema automático de impressão e aplicação de etiquetas.

Interfaces: as interfaces do túnel de varredura evoluíram e hoje oferecem conversam com uma ampla gama de sistemas de controle de classificadores. Isto cria a base para a integração aos sistemas de movimentação de materiais existentes.

Os túneis de varredura ajudam os embarcadores a atingirem três de seus objetivos mais desejados: prestação de contas, garantia da qualidade e aumento da produtividade.

Participe e Comente

A Revista LOGÍSTICA e SUPPLY CHAIN

A revista LOGÍSTICA & SUPPLY CHAIN destaca-se por sua qualidade editorial e pauta criteriosamente estabelecida com o auxílio de um Conselho Técnico Editorial formado por profissionais experientes e atuantes no mercado de logística, com o objetivo de desenvolver reportagens criativas e atuais para os leitores. A participação constante em eventos nacionais e internacionais garante a antecipação de tendências aos leitores.