Condomínios e Operadores Logísticos

Notícias > Condomínios e Operadores Logísticos

Gestão logística de alimentos

СНПЧ А7 Самара, обзоры принтеров и МФУ

gestao-logistica-setor-alimenticioEnquanto o setor alimentício cresce, aspectos como gestão logística se tornam cada vez mais importantes.

Atuar no segmento de alimentação é desafiador. Há muito espaço no Brasil para crescer, mas existe um caminho a ser percorrido pelos empresários que atuam no segmento quanto à condução dos processos para manter a rede competitiva face às intempéries do ambiente econômico e das políticas do governo.
O setor tem mostrado bons resultados. Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o segmento de alimentação domina a lista das 50 maiores marcas de franquias no Brasil, representando 36%. A expectativa de crescimento para 2017 existe, porém, a consolidação vai depender de algumas trilhas ligadas à gestão, liderança e capacitação, que precisam ser percorridas por todos.

Entre os fatores determinantes está o desenvolvimento dos sistemas de gerenciamento de fornecedores, controle de estoques e logística para as unidades franqueadas. A profissionalização dessas atividades gera eficiência e reduz custos com tributos e fretes, diminuindo custos para o franqueado. “A redução de custos está diretamente ligada à consolidação do transporte que acaba gerando uma maior eficiência e também a ausência de bi-tributação em alguns modos de operação. Apenas com isso pode-se gerar economias de mais de 20% no preço final do produto em alguns casos”, salienta o diretor da W Food Service, Caio Toledo.

Com sede em Valinhos (SP), e atuação em todo o território nacional, a W Food Service nasceu devido à essa demanda de mercado e tem como proposta otimizar a relação entre franqueados e seus diversos fornecedores. “Em contato com alguns franqueadores, eles nos apontaram essa necessidade. Iniciamos o trabalho com uma rede de franquias da área de alimentação, como projeto piloto, e hoje atendemos a diversas marcas do setor, cada uma com sua própria rede de fornecedores, que são credenciados e contatados por nós”, conta.

A solução leva praticidade para os franqueados. Todas as operações são realizadas online, via software exclusivo da W Food Service, de interface simples e de alta eficácia. Funciona assim: uma vez contratada, a empresa passa a ficar responsável por estocar e distribuir os diversos itens necessários para cada franquia. A vantagem, para o franqueador, é que todas as unidades serão abastecidas apenas com produtos homologados, garantindo o controle de qualidade. Para os franqueados, os maiores benefícios são a praticidade de compra via sistema e a possibilidade de fazer pedidos em menores quantidades, sem ter que pagar preços mais altos por isso.

As vantagens desse serviço vão além da padronização, explica Toledo. “A adoção do novo modelo contribui para o crescimento da rede que, com esta gestão, otimiza a cadeia de suprimentos e pode expandir com segurança sua atuação para todo o território nacional e com custos menores. O software exclusivo nos abre a possibilidade de efetuarmos a concentração logística necessária para uma operação de food service sem necessariamente acarretar em bi-tributação. Ao assumir a cadeia de suprimentos, a W Food Service, por exemplo, permite que os profissionais da franquia direcionem seus esforços para outras áreas do próprio negócio”, explica.

Participe e Comente

A Revista LOGÍSTICA e SUPPLY CHAIN

A revista LOGÍSTICA & SUPPLY CHAIN destaca-se por sua qualidade editorial e pauta criteriosamente estabelecida com o auxílio de um Conselho Técnico Editorial formado por profissionais experientes e atuantes no mercado de logística, com o objetivo de desenvolver reportagens criativas e atuais para os leitores. A participação constante em eventos nacionais e internacionais garante a antecipação de tendências aos leitores.