Embalagem

Notícias > Embalagem

Palete plástico da Termotécnica

paleteplastico2

Lançado para operações logísticas internas da Termotécnica - maior indústria transformadora de EPS (isopor®) da América Latina e líder no mercado brasileiro deste segmento.

O projeto de Bases de Movimentação (BM) produzidas em EPS se destacou como um diferencial para o mercado e, em pouco tempo, tornou-se uma nova linha de produtos da empresa, o Upally.
A estreia aconteceu com um de seus principais clientes da linha branca e, logo, um fluxo logístico foi implementado com sucesso nas operações de frutas do Vale do São Francisco (PE). A operação envolve a armazenagem em câmeras frias e o abastecimento dos mercados sul e sudeste.
Wanderley Venancio, Gerente de Operações e Projeto Logístico na Termotécnica, valoriza que a atuação da Linha Upally é bastante ampla e o atendimento é realizado de forma customizada, de acordo com a necessidade logística do cliente.
Ele argumenta que a Termotécnica entrou no mercado de armazenagem e movimentação de cargas buscando diversificar sua gama de atuação e proporcionando ao mercado vantagens que as soluções atuais não permitem.


Proteção antimicrobiana
O Gerente complementa que um importante avanço recente ofertado pela Termotécnica é a possibilidade de produção da BM com tecnologia antimicrobiana (Safe Pack). Com o Safe Pack, a empresa inovou rumo à biossegurança relativa a fungos e bactérias, conferindo a redução em 99,9% da ação e presença de micro-organismos, tornando as superfícies de contato e produtos livres das ameaças invisíveis do cotidiano.
A eficiência do Safe Pack é comprovada pela Norma Internacionalmente reconhecida para avaliar a atividade JIS Z 2801, por ensaios realizados em micro-organismos gram+ e gram-.


Vantagens da BM de isopor® em relação às de madeira e plástico:
- Redução dos Custos Logísticos.
- Dispensa Fumigação.
- Não se enquadra a Portaria da Receita Federal de “Mercadoria IPPC”.
- Facilidade de higienização, não prolifera pragas.
- Solução one-way com recolhimento e reciclagem no destino e redução da emissão de CO2.
- Nos casos de quebra não produzem farpas e consequentemente não agride os produtos.
- Capacidade de carga dinâmica e estática variados conforme a necessidade logística.
- Resistente a variação de temperaturas e a umidade.
- Dispensa o uso de empilhadeiras no manuseio quando vazio, proporcionando excelente desempenho ergonômico para os colaboradores.
- Possibilidade de customização em cores, logotipos e outras informações.
- Padrão PBR e possibilidade de customização de medidas.
- Peso entre 1,5kg e 4,0kg.
- Sustentabilidade. EPS 100% Reciclável, temos uma cadeia de reciclagem envolvendo cooperativas que recebem produtos de EPS descartados, espalhadas por todo Brasil. No site www.reciclareps.com.br você pode localizar os PEVS (pontos de entrega voluntária) mais próximos do seu endereço.


Força-tarefa da equipe comercial
A área Comercial da Termotécnica avalia a necessidade do cliente em conjunto com uma equipe Técnica da empresa e adequa o produto ou serviço para cada segmento ou necessidade do mercado.
Em alguns casos, são necessárias pequenas mudanças no processo logístico, mas reduções de custos podem ser percebidas em diferentes estágios da operação.
Alguns exemplos de utilização e diferenciais do Upally:
• Como Upally pesa cerca de 3,5kg e 01 carreta leva 28 paletes em média. Substituindo os paletes de madeira de 35kg ou mais, nossos clientes conseguem aumentar a carga de produtos em quase 1 tonelada por frete, ou seja, a cada 30 fretes ele economiza 01 frete.
• Outros clientes usam o Upally na linha de produção para movimentações internas, pois o manuseio e empilhamento dos das bases vazias são realizadas manualmente pelos colaboradores, sem a necessidade de empilhadeiras, reduzindo os custos de hora/homem/empilhadeira, entre outros.
• Dentro de câmaras frias o Upally possui uma carga térmica menor que o palete de madeira, por exemplo, que consome inúmeras vezes menos frio (tecnicamente falando, libera menos calor ou calorias de energia/pallet) e consequentemente gera uma considerável redução de consumo de energia elétrica nas câmaras frias, despesa relevante em todas as operações.
• A indústria têxtil aprovou a linha Upally porque o peso das BM não sofre variações, possibilitando precisão nos processos onde os controles de peso são fundamentais. Além de não existirem riscos de danificar o produto transportado com as farpas ou fiapos de madeira ou plástico ou mesmo no caso de quebra dos paletes.
“Temos uma excelente perspectiva de vendas para o Upally. O número de pallets novos em circulação no mercado brasileiro gira em torno de 6 a 8 milhões ao ano, porém, sabe-se que é um número baixo, considerando o volume de cargas movimentadas, a circulação de pallets fora do padrão e o comércio de pallets usados”, finaliza Venancio.

Participe e Comente

A Revista LOGÍSTICA e SUPPLY CHAIN

A revista LOGÍSTICA & SUPPLY CHAIN destaca-se por sua qualidade editorial e pauta criteriosamente estabelecida com o auxílio de um Conselho Técnico Editorial formado por profissionais experientes e atuantes no mercado de logística, com o objetivo de desenvolver reportagens criativas e atuais para os leitores. A participação constante em eventos nacionais e internacionais garante a antecipação de tendências aos leitores.