Competências da armazenagem

Categoria: Série Armazenagem

68

 

Este artigo explica as competências mais críticas necessárias nas operações do armazém e apresenta idéias sobre como utilizar tais competências para melhorar as práticas de recursos humanos tais como contratação, desenvolvimento profissional, planejamento do desempenho, planejamento da sucessão e remuneração.

São seis os principais outputs de uma tarefa de operação do armazém:

Expedições pontuais;

Local de trabalho seguro;

Clientes satisfeitos;

Local de trabalho eficiente;

Transações acuradas;

Medições da produtividade.

Para criar tais outputs, os operadores do armazém precisam ser proficientes em certas áreas. O estudo da WERC identifica 11 principais competências e as classifica em três categorias, como apresentado a seguir.

Funcionais – Estas competências são básicas e são esperadas de todos os associados do armazém em todos os níveis. Elas incluem produtividade, hábitos no trabalho, aptidões básicas e capacidade física.

Adaptativas – Estas competências permitem às pessoas executar suas tarefas em um nível mais elevado. Elas incluem aptidões para solução de problemas, flexibilidade, um foco na qualidade e conhecimento e aptidões técnicas.

De maestria – Estas competências diferenciam os realizadores “estrelas” da média. Incluem aprendizado contínuo, um senso de urgência e conhecimento do negócio.

As competências funcionais são difíceis de desenvolver, assim são consideradas por muitos gerentes como requisitos básicos para contratar um funcionário do armazém. As competências adaptativas freqüentemente podem ser aprendidas e as pessoas podem receber treinamento e desenvolvimento nestas áreas. As competências de maestria estão se tornando mais importantes do que foram no passado.

 

Utilizando as competências

O modelo de competência detalha as 11 competências (vide figura 5.1) para obter uma descrição ampliada dos hábitos do trabalho. O modelo de competência pode ser utilizado em uma série de formas. Por exemplo, pode ser utilizado para planejar o desenvolvimento individual dos funcionários do armazém, estabelecer expectativas claramente dos funcionários, utilizar como uma base para revisar as listas de atribuições do cargo. Além disso, pode ser utilizada para contratar novos funcionários, no gerenciamento e avaliação do desempenho e para guiar o planejamento da sucessão.

5.1

 

Idéias para melhorar as operações

Ensine seus operadores do armazém sobre a melhoria do processo. Um enfoque é pedir a eles que identifiquem uma tarefa que eles executam no armazém. Depois, solicite a eles que examinem o processo que está envolvido no desempenho da tarefa e para identificar formas que poderiam ser melhoradas.

Não se sinta tão arrebatado pelo desejo de mecanizar sua operação que faça você agir antes do momento certo. Se uma mudança proposta vem para você antes de você ter a equipe interna para implementar a mudança, ou antes de a mudança ser financeiramente confortável, não despreze a opção de esperar até que você se sinta realmente pronto.

Se sua instalação está propensa ao dano pelos produtos líquidos ou em pó, considere utilizar uma bandeja coletora para evitar vazamento das caixas avariadas até que possam ser removidas do estoque. Vazamento de palete avariado é coletado pela bandeja, uma folha de metal maior que o palete, com os cantos voltados para cima e vedados para manter o pó ou fluido.

Esteja ciente da “armadilha da atividade” ou a tendência de confundir ação e resultados. Comece pela avaliação de seu próprio trabalho. Estabeleça metas pessoais e empresariais. Estabeleça prazos finais para completar o trabalho. Cumpra suas metas e classifique seu progresso.

Considere esta alternativa à contagem de ciclo: verifique somente itens que parecem estar em zero, no armazém ou segundo seus registros. Ou os itens da contagem cíclica que ficam abaixo de dez unidades para se certificar que o livro e os inventários físicos estejam de acordo.

 

Realizar mais com menos

Flutuações na demanda do cliente, reduzir custos em uma economia em declínio, acuracidade do estoque e redução do tunover de funcionários estão entre os maiores desafios e centros de distribuição.

 

Os maiores desafios para o futuro

Controlar custos. Solução: melhorias do processo, medida de redução de energia para conter os custos. Consolidar dois locais em um.

Demanda não-uniforme do cliente exigindo flexibilidade na formação de equipe para responder à mudança dos fluxos de trabalho. Solução: instalar um sistema de banco de dados/codificação em barras. Resultados: entregas mais rápidas, mais produtos disponíveis.

Utilização de espaço, estoque de movimentação lenta. Solução: implementar WMS e monitorar a acuracidade através da contagem cíclica.

Descobrir novas formas de operar o armazém. Solução (por exemplo): implementar separação por zonas e ou por ondas.

Manter o custo constante por unidade apesar dos custos aumentados, menor volume. Solução: disciplina operacional rende menor custo com maior volume.

Conjuntos de aptidões da mão-de-obra estão ainda abaixo da maioria dos requisitos. Solução: treinamento, teste de realização através do centro interno de testes, utilização de radiofreqüência e marcação eletrônica de ponto.

Tunover de funcionários. Solução: tornar-se mais seletivo no processo de contratação. Fornecer treinamento adequado para ajudar os funcionários a ter maior sucesso logo no início de seu emprego. Investir em mais automação.

Falta de operadores experientes de empilhadeiras, quando precisávamos contratar. Solução: programa de retenção do operador de empilhadeira.

Satisfazer a demanda maior sem aumentar o estoque. Solução: melhorias do processo, pesquisa constante, tentativa e erro.

Montagem da equipe. Solução: realizar pesquisa de emprego.

Melhorar acuracidade da separação. Solução: treinamento contínuo, melhor identificação de estantes ou etiquetas de montante.

A recessão e a necessidade de fazer mais com menos são considerados os principais desafios. “Nosso negócio atual está em baixa”, observou o gerente de armazém de um fornecedor automotivo. “Não estamos substituindo qualquer funcionário perdido neste momento”. A necessidade de atender seus números de entrega pontual pode conduzir a problemas de hora extra nesta empresa.

Um gerente de distribuição destacou que “as coisas continuam a se tornar mais rápidas e menores". Reduzindo custos, eliminado perdas, a velocidade e a eficiência do processo melhorarão à medida que a tecnologia evoluir. Em uma operação totalmente manual, o desafio é realizar sem automação.

Um gerente de um varejista de alimentos em expansão vê o crescimento como uma importante prioridade para o futuro.

Quando perguntado como as pressões para fazer mais com menos afetarão sua operação, o gerente de distribuição de uma empresa farmacêutica resumiu em duas palavras: “Mais estresse”.

O futuro dará aos gerentes de armazém e de CD muita oportunidade para brilhar, à medida que precisarem de todo sua criatividade e inventividade para liderar o caminho através dos desafios à frente.

 

Capacite a sua equipe com os nossos treinamentos.

VM - Shopping cart

 x 

Carrinho vazio

VM - Search in Shop

VM - Currencies Selector



VM - Manufacturer