Como controlar os custos de armazenagem?

Categoria: Série Armazenagem

controle de custos

 

Se um gerente de armazém não puder medir e controlar custos, ele correrá o risco de perder o negócio para um operador logístico que mede e controla os custos da empresa. Assim sendo, é crucial que os gerentes de armazém e centro de distribuição estabeleçam uma cultura, onde manter controle sobre custos é uma prioridade para todos participantes da operação, de cima para baixo.

O que os gerentes podem dar para minimizar os custos sem afetar o serviço? Ao mesmo tempo em que apropriados para todas as organizações, são particularmente adequados para operações menores.

Analisar e ajustar regularmente suas operações. Se você não tem examinado seus procedimentos ultimamente, as chances são que existem alguns em funcionamento que não são mais apropriados, devido às mudanças nos processos, na carga de trabalho ou no perfil do pedido. Os gerentes precisam examinar continuamente sua operação e considerar o que precisam da operação para realizar o todo, em vez de examinar somente tarefas individuais.

É o exemplo de um armazém que começou pequeno, mas cresceu rapidamente. Os procedimentos não acompanhavam o ritmo da mudança, e a operação tornou-se ineficiente, com cerca de 18 pessoas tocando no produto desde o recebimento até a expedição.

Reorganizar e mudar de local. A reorganização não tem uma alta visibilidade de economia até você considerar os custos de mão-de-obra. Aconselha-se investir o tempo necessário para reorganizar como o produto é estocado. Mudar o produto de local em uma base contínua permite reduzir o tempo de viagem, mantendo os itens de movimentação rápida mais próximos e os de movimentação mais lenta mais longe.

Além disso, mudar de nicho possibilita você economizar espaço ao consolidar os itens de movimentação lenta. Isto pode ajudar se livrar de espaço de estocagem temporário que pode ter alugado.

Questionar a utilização de espaço adicional. Espaço externo temporário tende a se tornar permanente. Se você tiver espaço externo, questione o motivo pelo qual ainda está lá. Se estiver estocando produto que realmente não precisa, deverá estar lá somente temporariamente. Se não precisa dele, por que guardá-lo?

Livre-se de inventário obsoleto. A maior parte do estoque não fica melhor com a idade. Limpe o estoque obsoleto e estabeleça um programa formal para fazer isto em uma base contínua. A maioria das empresas faz isso uma vez, quando seu espaço fica abarrotado e chega a um ponto onde não pode mais ser eficiente.

Estime o custo do espaço ocupado pelo estoque obsoleto, de modo que saiba o custo para mantê-lo. Uma regra de ouro é que ele custa para a maioria das empresas 25% do valor do produto por ano para estocá-lo.

Considerar operadores de meio período. Apesar dos níveis de registro de desemprego, é possível reduzir os custos enquanto que ganha funcionários produtivos para obter o pool de operadores que estão disponíveis para trabalhar meio-período. Verifique se você pode dispor sua carga de trabalho para acomodar tais funcionários como mães com crianças em idade escolar que não podem trabalhar o dia todo.

Além disso, identifique tais colaboradores através de indicações de funcionários em vez de uma agência de empregos. Mesmo se você pagar um bônus pela indicação, provavelmente está economizando dinheiro, evitando pagar os honorários da agência.

Perguntar aos funcionários sobre gargalos. Estimule seus supervisores a ouvir aquilo que os funcionários dizem que torna seu trabalho difícil, então atue. Veja onde as pessoas estão ociosas. Freqüentemente, não é porque o trabalho não está fluindo de acordo. Descubra o motivo e solucione.

Não limite as avaliações a uma por ano. Avaliações anuais de trabalho não proporcionam aos funcionários a oportunidade de melhorar seu desempenho ou corrigir o que estão fazendo de errado. Os supervisores precisam fornecer tal feedback em uma base diária, em uma forma de não-confrontação, instruir em vez de criticar.

Reduzir o giro de funcionários. Saiba qual é seu giro de funcionários e quanto custa substituir um operador. Calcule os custos de recrutamento e contratação, custos de processamento, a produtividade reduzida de um novo contratado, os custos de treinar uma nova pessoa, custos adicionais de supervisão e o custo da separação. Tenha em mente que oferecer níveis mais elevados de remuneração pode realmente ajudar a reduzir custos, reduzindo o giro.

Reciclar caixas de papelão. Se você não estiver em uma área onde faz sentido econômico vender caixas de papelão a quem recicla, economize dinheiro descobrindo formas para reutilizá-las.

Trabalhar com a empresa local de energia elétrica. Explore os incentivos disponíveis para melhorar sistemas de iluminação. Um armazém pode melhorar a iluminação de sua instalação a virtualmente nenhum custo tirando vantagem de tais incentivos.

Cuidado com equipamentos. Manutenção preventiva pode ser um grande economizador de custos. Custa pouco por óleo, engraxar e reparar equipamentos quando você tem tempo para tal versus quando o equipamento quebra.

VM - Shopping cart

 x 

Carrinho vazio

VM - Search in Shop

VM - Currencies Selector



VM - Manufacturer