Plano estratégico do armazém: estratégias imperativas sugeridas

Categoria: Série Armazenagem

dica19

 

Um pré-requisito para o planejamento estratégico é o estabelecimento de uma visão clara, consistente e de longo prazo para uma armazenagem bem-sucedida. Embora a visão possa variar um pouco de empresa para empresa, algumas estratégias fundamentais deverão compor o núcleo da visão.



1. Profissionalismo


A armazenagem deve ser vista como um passo crítico no fluxo de materiais e não como um mal necessário.
- Os gerentes de armazém deverão ser considerados parte da equipe de administração e não segunda classe;
- A gerência do armazém e os funcionários serão treinados para realizarem suas tarefas e não vistos como despesas gerais;
- A administração compreenderá o verdadeiro valor da armazenagem e a realidade de que a armazenagem freqüentemente é uma das últimas fronteiras para melhoria;



2. Conscientização das necessidades do cliente


O sucesso das operações do armazém consistirá em ter uma alta consideração para com o cliente, compreender suas necessidades e consistentemente atendê-las.
- Os indicadores mostrarão a contribuição do armazém para atender às expectativas do cliente;
- Os armazéns funcionarão como atividade de suporte e estarão ansiosos para atender às necessidades dos clientes;
- As relações adversárias entre armazém e cliente serão eliminadas.

 

3. Indicadores de desempenho


Os padrões do armazém serão estabelecidos e o desempenho será medido em relação a estes padrões e as ações necessárias devem ser prontamente tomadas para corrigir e evitar desvios. Áreas a serem medidas:
- Utilização de espaço;
- Utilização da mão-de-obra;
- Segurança;
- Perda de materiais;
- Danos aos materiais;
- Acuracidade do estoque;
- Utilização do equipamento;
- Giro dos estoques;
- Velocidade do pedido;
- Eficiência de recebimento;
- Acurácia do pedido;
- Desempenho em relação ao plano;
- Tempo de resposta à solicitação do cliente.



4. O planejamento


O planejamento próativo é essencial para o efetivo gerenciamento do armazém. A informação necessária precisar ser obtida e colocada à disposição para facilitar o planejamento preciso, por exemplo:
- Planos de produção;
- Planos de marketing;
- Tendências de vendas e sazonalidade;
- Promoções especiais;
- Planos estratégicos da corporação;
- Planos de negócios.



5. Centralização


A melhoria contínua no atendimento e confiabilidade ajudarão na tendência para a centralização, a qual acarreta os seguintes benefícios:
- Maior processamento e estoque reduzido;
- Novas oportunidades de automação e soluções baseadas em tecnologia.

 

6. Armazenagem por contrato


A utilização da armazenagem por contrato será considerada uma alternativa viável, pois possui alguns benefícios distintos, tais como eficácia de custo e acesso à tecnologia, sofisticação e profissionalismo em armazenagem.



7. Ritmo


A redução dos lead-times, vida do produto mais curta e maior giro dos estoques devem resultar num aumento do ritmo do armazém.
-A necessidade de reagir leva a inovações e produtividade;
- O ritmo das mudanças do armazém será maior do que no passado e este ritmo será aceito como norma;
- Os sistemas serão colocados em prática para apoiar as operações de fluxo contínuo do armazém.



8. Variedade


A variedade das tarefas realizadas no armazém deve aumentar.
- Customização dos produtos e embalagens para necessidades específicas do cliente;
- Atividades de manufatura leve;
- Reengenharia de sistemas e processos para suporte da capacidade de reação.



9. Flexibilidade


Devido ao aumento do ritmo e variedade no armazém, todos os sistemas, equipamentos e pessoas serão mais flexíveis e melhor equipadas para conduzirem futuras mudanças. Esta flexibilidade se manifestará também na:
- Estrutura das organizações;
- Treinamento cruzado;
- Utilização da mão-de-obra temporária;
- Orientação do processo;
- Pagamento por habilidade;
- Desenvolvimento baseado na competência.



10. Qualidade na fonte


A incerteza será minimizada; a disciplina aumentará e será obtida melhor capacidade de previsão de eventos e resultados.
- Os funcionários do armazém serão responsáveis por fazer certo desde a primeira vez;
- Conferentes serão eliminados;
- As operações da doca serão planejadas e funcionarão de acordo com o plano;
- Exceções e desvios ocorrerão com baixa freqüência e quando ocorrerem, serão retificados rapidamente na fonte, resultando na reengenharia do processo.

 

11. Processos integrados


As atividades dentro do armazém (recebimento, estoque, separação e expedição) serão mais integradas e o armazém como um todo será mais integrado no ciclo geral de fluxo de materiais.
- A sinergia operacional ocorrerá como resultado dos funcionários do armazém trabalhando em conjunto -omo equipe;
- O armazém não será mais uma ilha organizacional, mas será integrado com a manufatura, marketing, -ransporte e toda organização.
- As redes de comunicação ajudarão na integração do cliente com o armazém e toda organização.



12. Acuracidade


A contagem cíclica será utilizada para gerenciar a acurácia do estoque e um índice acima de 95% será norma.
- Como a administração exige a acurácia do estoque, os inventários físicos anuais serão eliminados;
- O verdadeiro propósito da contagem cíclica será entendida como uma administração apropriada do estoque;
- Os sistemas serão colocados em prática para apoiar a contínua contagem do ciclo.



13. Utilização do espaço


O espaço será mais eficiente e efetivamente utilizado.
- A administração entenderá melhor o custo do espaço e isto levará a melhor utilização do mesmo;
- Equipamentos inovadores de movimentação e estocagem de material serão utilizados para minimizar os corredores e maximizar a utilização cúbica;
- Um sistema de estocagem móvel substituirá a estocagem fixa.



14. Housekeeping


O housekeeping de qualidade será uma prioridade e uma fonte de orgulho do funcionário.
- Fato de existir eficiência na ordem será amplamente entendida;
- As facilidades do armazém promoverão um alto nível de housekeeping;
- A disciplina de housekeeping se tornará parte da cultura do armazém.



15. Separação de pedidos


A criticalidade na separação de pedidos será entendida. Procedimentos e layouts serão elaborados para
maximizar a eficiência e eficácia da separação.
- Os pedidos terão rota e postagem predefinidas para resultar em maior eficiência;
- As questões de separação por zona, lote e onda serão entendidas e totalmente avaliadas no projeto do melhor sistema de separação;
- Uma ampla variedade de equipamentos de movimentação e estocagem de material será avaliada no projeto do sistema de separação de pedidos.

 

16. Recursos humanos


Todo gerente será dedicado à criação de um ambiente no qual cada funcionário esteja motivado e feliz.
- A administração entenderá a importância em ter bons funcionários do armazém e trabalhará voltada a estabelecer uma mão-de-obra estável;
- Esforços serão aplicados para treinamento e fixação dos funcionários do armazém para terem uma atitude positiva e uma orientação de serviço ao cliente;
- A educação do funcionário do armazém será uma prioridade importante.



17. Trabalho em equipe


Fornecedores, clientes e uma ampla variedade de funções dentro do armazém serão integradas numa única atividade de prestação de serviço.
- As relações adversárias serão eliminadas;
- Interesses políticos internos e externos devem ser eliminadas;
- Os funcionários do armazém respeitarão as necessidades dos motoristas e trabalharão para criar um relacionamento ganha-ganha.



18. Automação


Tecnologias avançadas serão mais facilmente adotadas e economicamente justificadas.
- A principal justificativa da automação do armazém não serão os ganhos na mão-de-obra, mas melhorias de controle;
- A aplicação de uma automação apropriadamente confiável e adequadamente justificada resultará em ganhos concretos;
- Uma estratégia do armazém bem fundamentada tornará a automação mais fácil de justificar.



19. Identificação automática


Sistemas de identificação automática serão norma para aquisição e transferência de dados.
- Fornecedores, fabricantes e usuários aceitarão metodologias padrão de identificação automática no suporte da transferência automática de informações entre organizações;
- A identificação automática se tornará a base sobre a qual o controle do armazém, em tempo real, será construído;
- A administração entenderá que a identificação automática é um pré-requisito para a armazenagem moderna.

 

20. Sistema de controle


Sistemas de controle em tempo real sem papéis serão usados em todos armazéns modernos.
- Os sistemas de controle do armazém serão interativos;
- Os sistemas de controle do armazém devem dirigir, controlar, medir e reportar as operações do armazém;
- O planejamento dos sistemas de controle do armazém será elaborado por profissionais que realmente entendam das operações do armazém.

Estes 20 imperativos estratégicos ajudarão a dar uma visão clara de longo prazo do futuro do seu armazém.
Esta visão funcionará como uma fundação para o desenvolvimento de um plano estratégico do armazém o qual, traduzido em planos de ação, permitirá alcançar a eficiência operacional e excelência no serviço ao cliente.



 

VM - Shopping cart

 x 

Carrinho vazio

VM - Search in Shop

VM - Currencies Selector



VM - Manufacturer