Como nasceu a marca IMAM?



Nada acontece ao acaso.

No início dos anos de 1970, para conseguir pagar a faculdade de Engenharia, Reinaldo Moura teve que começar a trabalhar.
Como suas aulas eram durante o dia, iniciou como monitor, instrutor do SENAI, professor de colégio estadual (contratado a título precário), intercalando com a grade de aulas da FEI, que era bastante flexível na época.
Quando surgiu a obrigatoriedade das médias e grandes empresas terem um engenheiro de segurança do trabalho, em 1975 participou da 1ª turma de especialização.

Já trabalhando na Lorenzetti, escolheu como TCC (na época trabalho de formatura) o assunto Movimentação e Armazenagem de Materiais – cuja sigla é MAM. 

Seu trabalho foi um dos escolhidos para tornar-se livro (havia uma necessidade de literatura técnica sobre o assunto). 

Aproveitando este momento, continuou escrevendo apostilas sobre MAM para cursos de Produtos, Processos e Instalações Industriais, que ministrava como titular na FEI. Mais tarde escreveu uma dissertação de mestrado, na POLI com o título de “Flexibilidade Homem vs. Máquina”.

Em 1978 apresentou as apostilas ao IDORT e à Gráfica da FEI para avaliar a publicação, e este material transformou-se no livro “Sistemas e Técnicas de Movimentação e Armazenagem.”

Segurança na Movimentação de Materiais

Primeiros livros sobre Movimentação e Armazenagem de Materiais, de Reinaldo A. Moura​


Sistemas e Técnicas de Movimentação Armazenagem de Materiais

Como o conceito “MAM” já o acompanhava há algum tempo, sua ideia na criação da marca, sempre considerou este termo como ponto de partida.

E assim, foi adicionando letra a letra do alfabeto, em um exercício para saber, qual melhor se encaixaria, até chegar a letra I, com a qual deu origem ao

IMAM – Instituto de Movimentação e Armazenagem de Materiais, um nome forte que representaria tudo: editora, livro, revista, cursos de curta duração, consultoria.

Nesta época, Reinaldo ministrou dois cursos sobre STMAM – um em Caxias do Sul e outro no Rio de Janeiro.

Com os recursos publicou o livro e com a venda deste, alugou um conjunto na Rua da Consolação (Jardins) e já com nome e endereço fundou o IMAM.

Neste momento, convidou José M Banzato para juntar-se a ele, e a história do IMAM esta aí.

Ao longo do tempo, pelos mais diversos tipos de realizações, como a Missão Japão e a criação da MOVIMAT, primeira feira do setor da América Latina, o fez repensar que nem tudo que faziam era movimentação e armazenagem de materiais.

Por isso, a sigla IMAM, passou então a ser:

INOVAÇÃO E MELHORAMENTO NA ADMINISTRAÇÃO MODERNA, ou simplesmente IMAM.

IMAM

leva você mais longe...

Contato

Rua Machado Bitencourt, 190 6º andar sala 606/607

São Paulo - SP - CEP 04044-000

Mais Informações

Caso tenha alguma dúvida entre em contato.