Transportes

Notícias > Transportes

Porto de Imbituba entra na rota de navios gigantes

СНПЧ А7 Самара, обзоры принтеров и МФУ

170904 porto de ImbitubaEsta será a primeira escala semanal no porto dentro da nova linha de longo curso, sempre com navios gigantes. Ao todo, serão 13 navios de cinco empresas: Hamburg Sud, Hapag-Lloyd, Hyundai, NYK e ZIM.

O trajeto completo demora cerca de 90 dias, saindo de Busan, na Coreia do Sul, e passando por países como China, Singapura, Malásia, Argentina e Uruguai, além do Brasil, antes de retornar para Coreia do Sul. No total, serão 19 portos atendidos. Em Santa Catarina, os navios atracarão em Imbituba e Itapoá.

Administrado pela SCPar Porto de Imbituba, subsidiária da SC Participações e Parcerias, do Governo do Estado, o Porto de Imbituba entrou na escala diante de suas tarifas competitivas e da profundidade de acesso marítimo, com destaque para dois berços de atracação com 15 metros, a maior entre os portos públicos do Sul do país e uma das maiores do Brasil.

O diretor presidente da SC Par, Gabriel Ribeiro Vieira, explica que a capacidade do Porto de Imbituba é para receber até 500 mil TEUs (unidade correspondente a um contêiner de 20 pés) por ano e a expectativa da administração é que apenas a nova linha movimente cerca de 70 mil TEUs por ano. Desde que passou a ser administrado pelo Governo do Estado, em 2012, o Porto de Imbituba tem apresentado crescimento expressivo. O resultado de 2016 ficou marcado pelo maior índice de movimentação desde o início de suas operações. Ao longo do ano passado, o porto movimentou 4.803.186 toneladas, um crescimento de mais de 40% em relação ao desempenho de 2015.

Dados do navio Capitão San Juan:
Largura: 48,40m
LOA (comprimento) 331m
Altura: 69,08 m
Tripulação (contando o comandante): 24 pessoas
Bandeira (onde foi registrado): Alemanha
Ano de construção: 2015
Peso total: 123.101 toneladas
Local de fabricação: Coreia do Sul

Participe e Comente

A Revista LOGÍSTICA & SUPPLY CHAIN

A revista LOGÍSTICA & SUPPLY CHAIN destaca-se por sua qualidade editorial e pauta criteriosamente estabelecida com o auxílio de um Conselho Técnico Editorial formado por profissionais experientes e atuantes no mercado de logística, com o objetivo de desenvolver reportagens criativas e atuais para os leitores. A participação constante em eventos nacionais e internacionais garante a antecipação de tendências aos leitores.